Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

  • Ellie & Carl #21

    Nós ao domingo acordamos tarde, a não ser que o mundo esteja a acabar, que algum de nós não se esteja a sentir bem... acordamos tarde. 

     

    Domingo * 8:45 da matina * Ouve-se uma batida no nosso quarto da Casa.

    Eu muito ensonada: Sim Sim que se passa???

    * Entra pelo quarto, ao colo da sua mãe, a coisa mais linda deste mundo agarrada à sua Ritinha (o peluche que a acompanha desde que nasceu) e de chucha e fraldinha na mão * : Ela acordou a pedir pela tia...

    Eu estendo os bracinhos faço espaço na caminha e lá vem o embrulho da pipoca para ao pé de nós, Ritinha pois claro incluída... 

    Pipoca: xuk xuk xuk xuk xuk ( o som daquela chupeta a ser sugada... é um dos mais familiares que tenho dela)

    Pipoca, passado uns minutos já mais desperta: Tia sonhei contigo...

    Eu: Então querida, que sonhaste?

    Pipoca: Que estavas a brincar comigo à plasticina (ela adora a plasticina....).

    Carl: Sim sim diz-lhe isso que ela ainda fica mais babada ahahah.

    Eu: Oh meu amor então quando levantarmos brincamos mais um bocadinho se quiseres.

    Pipoca: Agora quero aninhar mais um bocadinho...

     

    E lá ficamos os 3, ela no meio de nós os dois, de mão dada ao tio, a fazer nozinhos no cabela dela... ou no meu... vai alternando.

    E o meu domingo assim começou, cedo de facto, mas cheiooooo de doçura.  

    Sermos tios é sem sombra de dúvida um dos melhores privilégios deste mundo... 

     

    9bab5f127a0d8b6dc4c5ff1e4cd93c41.jpg

     

     

     

    Ellie e Carl #20

    A magia existe. 

    Naqueles momentos em que até a fazer o jantar me sinto a mulher mais sortuda do mundo, porque tu estás ali pronto a ajudar e a fazer o que seja preciso.

    Naqueles momentos em que paramos de fazer o que seja e dançamos uma kizomba na nossa casa...

    Quando durmo feliz porque sei que para o resto da minha vida tenho o previlégio de dormir contigo. 

     

    A magia somos nós que a fazemos, somos nós que a criamos...

    Deixar estes momentos acontecer, preservá-los, criar memórias lindas..

    Nem que seja nós, de pijama, na cozinha a dançar no meio da preparação do jantar...

    Que nunca esta magia seja perdida e que nunca tu te percas de mim...

     

     

     

    Ellie & Carl #19

    e1b567e2f33bfc5806b9b7fa466214d6.jpg

     

    Digo muitas vezes que num casal o que melhor funciona é, não os opostos, mas os complementos. 

     

    Tem que existir uma cumplicidade e um equilíbrio que vem de cada um de nós se inspirar no outro, no melhor do outro.

     

    Eu não sou uma pessoa que relaxe facilmente, sou nervosa por natureza e desde que nasci...

    E para sempre serei mas ele sabe quando preciso de relaxar. 

    Sabe quando estou rezinga não é por ele, é sono ou fome... Lol

    Sabe como gosto da água do meu banho... E que ao contrário dele é morna não a escaldar.

    Sabe do que gosto de ver, que adoro massagens mas mãos... 

     

    Tenho uma sorte tremenda e tenho noção disso... Desta cumplicidade, de viver a minha vida com o meu melhor amigo a pessoa que melhor me conhece.

     

    Obrigada. 

    Amo-te para sempre e mais um dia

     

     

     

    Ellie & Carl #18

    Ellie arrastar-se para arrumar um montão de roupa que se acumulou depois de alguns dias a evitá-lo. 

    Carl: amor anda para o sofá

    Ellie: não posso estou a tratar da roupa

    Carl *em passos apressados pela casa até chegar até mim *:anda lá... Dá-me um abraço. 

    Ellie: achas por ventura que não preferia estar no sofá a dobrar roupa?? Pára de me desviar pedaço de mau caminho! A preguiça já é muita assim uma pessoa só resiste até certo pontooooo.

    Carl *olha para mim borrifando-se para o que lhe disse e abraca-me* 

     

    Escusado será dizer que mandei a roupa às urtigas... 

    Dois dias depois ainda lá estava,  não fugiu para minha infelicidade, e pronto ficou arrumada com um bocadinho mais de atraso. 

     

    Ele  faz sempre isto, parece que sabe que estou com pouca vontade de limpar ou arrumar e faz isto todas as vezes que estou a tentar fazer alguma coisa...

    Mas se antes isso me poderia stressar agora...

    É uma das coisas que mais gosto porque me ajuda a ser espontânea e não tão obcecada com as coisas. 

    E  no final do dia o que conta é sermos felizes e rir, muito, sem querer saber da roupa :) 

     

    1c548310de0cb164910628266e15e287.jpg

     

    Ellie & Carl #17

    Ele *a dar o beijinho na cama de boa noite *: Vá amor dorme bem...

    Beijinho e abraço e de repente, o mundo pára.

    Só existimos nós, o cheiro dele garanto que é o meu paraíso, qual céu...

    O meu paraíso é aquele espaço entre o peito dele e o braço onde encaixo eu na perfeição.

    O Abraço forte continua, e eu só consigo pensar que sorte tenho. Poder ter todas as noites aquele ânimo para poder enfrentar tudo o que o próximo dia me atirar.

    Hoje fico com aquele cheiro na memória, e enquanto penso que faltam apenas dois dias para as férias penso também que aquele cheirinho vai estar comigo o dia todo nesses dia de calmaria.

    Sou uma sortuda.

     

    e94ed015c654975170b66c0a53bb82b0.jpg

     

    Ellie & Carl # 16

    Ás vezes, surge no meio das nossas conversas, algo deste género.

     

    Ela: * chama por ele para a ajudar em alguma coisa, mudar pneu, colocar uma peça de loiça num sitio alto, ajudá-la em alguma operação informática, montar alguma coisa... o que for *

    Ele: * faz o que tem a fazer e no meio * Sabes que o outro tonhó não vai saber fazer nada disto?

    Ela: Que tonhó pá?

    Ele: Aquele com quem vais andar quando nós terminarmos...

    Ela: Carl pelo amor de deus, eu já não te deixo ir a lado nenhum...

    Ele: Mas ele não vai saber fazer nada na mesma, mas eu posso ensiná-lo!! * sorriso idiota na cara * 

    Ela: *bolisca-o e pensa "Coitadinho ele acha que ainda existe uma infima probabilidade de se safar da minha pessoa loool"

    Ellie & Carl #15

    Os dois estão no carro estão a caminha da Casa e ela gosta sempre daquele caminho especial, cheio de verde, curvas que representam também os caminhos da vida....

    Ela podia viver, casar e morrer naquela sítio, sempre foi um dos preferidos dela, quis o destino que a sua vida desse voltas que a levam agora ali quase todas as semanas.

    O destino às vezes é bom. 

    Fala-se de um tópico não tão bonito, o divórcio, o fim de uma relação a dois, e como reagir nessa circunstância. Fala-se de cenários, com ou sem filhos, o que isso torna diferente a relação que deverá existir e a coexistência depois de um amor falhado, saudável na medida do possível e pelo bem das crianças que de nada têm culpa. 

     

    Ele: Pode acontecer, nunca se sabe, hoje acho que és a melhor do mundo, no futuro posso não achar, ou acontecer-te a ti...

    Ela: * ignorando tudo o resto * Oi? Achas que sou a melhor do mundo?

    Ele: Claro se não não estava contigo dahhhh

    Ela: * lagriminha no olho * oh pah... 

     

    És o meu melhor amigo, a minha alma gémea, e fico tão mas tão honrada por achares que sou a melhor do mundo... Eu não quero ser importante para o mundo, o mais importante é ser importante para ti.

    E isso faz de mim a mulher mais feliz do mundo. 

     

    Obrigada. 

     

     

    Ellie & Carl #14

    Já fez um 2 meses que temos a nossa casinha, se no primeiro mês era a adaptação a tudo o que era novidade e começava agora a fazer parte da nossa vida, acho que neste momento estamos em fase de adaptação a novas rotinas. 

    Estas vieram substituir rotinas que já tinhamos no namoro e de há muitos anos, acho que é a fase que custa mais... O ajeitar os pequenos grandes detalhes nisto que começa a ser a rotina da casa e de nós e que antes não havia. 

     

    Ainda não nos matamos, acima de tudo está o nosso amor.

    E tento relativizar as coisas quando algo surge para me lembrar que somos diferentes e que não fazemos as coisas da mesma maneira. 

    Por acima de tudo as coisas em perspectiva, o que é um copo fora de sitio? Limpar o pó de uma maneira diferente da minha? Se prefere fazer a cama ou não?

    Isto tudo comparado com, o que sou de melhor quando estou com o Carl, não é nada.

    Mas agora começa a verdadeira adaptação, o verdadeiro desafio. 

     

    Por aqui sempre tivemos prontos para ultrapassar tudo juntos e cá estamos também para superar este desafio. 

     

    Ellie

     

     

     

    Ellie & Carl #13

    Tenho uma sorte daquelas por ter quem tenho ao meu lado. 

    E tenho noção disso. 

     

    O nosso maior problema neste momento é termos saudades um do outro.

    Ter uma casinha para gozarmos a dois faz com que o fim-de-semana se torne tão curto, mas tão curtooooo.

    Sinto-me enganada por quem decidiu que a semana tem 5 dias e o fim-de-semana 2 apenas. Queria ter mais tempo para estar com ele, no nosso ninhos, mais mimos, mais carinhos...

    Ainda mais tempo a 2. 

     

    Gostamos de estar os dois naquele limbo bom, do não fazer nada mas estarmos juntos só nos miminhos...

    Parece meloso de mais, parece certamente blehhhckkk para alguns...

    Mas tenho a maior sorte deste mundo, estar com alguém que quer estar comigo e sente falta de estar comigo, mesmo estando comigo todos os dias. 

     

    É tão bom amar e ser amada... E que seja assim por muitos e muitos anos. 

     

    alianças.jpg