Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Mundo da Marta

Este é o meu mundo, o meu reflexo, tudo o que faz parte de mim.

O Mundo da Marta

Este é o meu mundo, o meu reflexo, tudo o que faz parte de mim.

Até que ponto amamos o suficiente, para conseguirmos deixar ir...

cc28364e5e825df488613948430fd3e0.jpg

 

Vi o filme The Danish Girl este fim de semana..

Dois atores fantásticos, ele com uma atenção ao detalhe assustadora maravilhoso em todos os gestos...

Ela, ela com aquele ar doce e abrutalhado ao mesmo tempo, mas acima de tudo digo-vos, aquela senhora a Gerda tinha um respeito absoluto pela pessoa que amava e com quem tinha casado! 

De que outra forma se apoia alguém daquela maneira sabendo que no fim o amor dela nunca mais será o mesmo. 

Ela foi quem viu a Lily pela primeira vez e quem ajudou a que ela nascesse, ao mesmo tempo que o amor da vida dela desaparecia aos poucos. 

É preciso amar muito alguém ao ponto de estar ao lado dela em todo este processo. 

 

Fascinou-me a história de Einar, mas fascinou-me ainda mais o facto de ele ter tido a sorte de encontrar alguém assim e a história do amor dele com a Gerda. 

 

O filme tem um grafismo maravilhoso mostrando o mundo deles como se de uma pintura se tratasse. 

 

Há filmes assim que nos ensinam coisas sobre a vida de alguém mas que também nos transmitem algo mais.. O amor deles foi um bónus maravilhoso. 

 

  • 1 comentário

    Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.