Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Isto não é uma história de amor...

Há uns anos acompanhava diariamente na minha viagem de autocarro matinal um casal. 

Todos os dias era igual. 

 

Eles já lá estavam quando eu entrava, ele a ouvir música e ela a ler. Quem não os conhecesse apenas sabia que eram casal porque, no final da viagem, e antes de se separarem nas Amoreiras, davam um pequenino beijo e um adeus. 

Não havia conversa, até porque ele estava de fones, não havia contacto físico, até porque ela levava o livro nas mãos.

 

Era assim e foi assim pelo menos durante os três anos que fiz diariamente aquele percurso. 

Eu pensava... como pode ser? Não trocarem ideias sobre o livro dela, ele não lhe passar um fone quando tocava aquela música com um significado especial para eles...

Não havia interacção. 

Zero.

 

Afastei-me dois anos daquele autocarro e quando voltei... eles não estavam. 

Não apareciam... dias à espera e nada. 

De repente mudo de rotinas e começo a vir de metro...

E heis que a vejo a ela.... Sozinha e diferente.

Algo nela tinha mudado com certeza. 

Continuava a vir para as amoreiras mas agora ia de metro e noutro autocarro. 

E uns dias depois descubro-o, cruzei-me com ele... Também continua a vir para as Amoreiras mas agora a pé. 

 

Acabou. Não se se ela tem alguém novo, mas ela parece mais leve mais feliz, ele não. 

Parece mais velho e está sempre com um semblante franzido... 

Entristece-me saber destas histórias, ou quando vejo um casal num restaurante cada um agarrada ao seu telemóvel. 

O amor é como uma planta, tem de ser regado, protegido, amado... 

Esta não é uma história de amor, mas de desamor. 

Aprendam.... 

Temos que dar valor aquela pessoa especial. 

Dar-lhe apoio, perguntar de vez em quando "Estás Gostaste?" (esta é do meu Pim).

Lembrar que na correria do dia-a-dia nós estamos lá, para dar um miminho, um abraço, para acima de tudo sermos o melhor amigo que podemos ser, e depois sim tudo o resto. 

 

 

  • 2 comentários

  • Imagem de perfil

    Home Sweet Home 03.08.2018 13:52

    na minha cabecinha prefiro pensar que sim.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.