Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

O mais pequena que já fui...

Estou neste momento com um peso que provavelmente não tinha há 10 anos... 

Desde há uma década para cá que não era tão pequenina, no bom sentido. 

 

Para alcançarmos determinadas metas é preciso trabalhar, às vezes, partes de nós que nem sabíamos precisarem de cuidado. 

Foi um último ano e meio duro, fisicamente e psicologicamente. Coisas boas, muito boas, problemas resolvidos, muita ansiedade acumulada e muita libertação ao mesmo tempo. 

E pouco a pouco o peso foi descendo. 

Fui aprendendo a comer melhor, mudei hábitos... Mas ainda falta um longo caminho pela frente. 

 

Mesmo depois de uma pneumonia no inicio do ano, varicela em Maio e agora uma cólica renal... estou esperançosa de que este ano, foi também de libertação para o meu corpo de ansiedades e medos que acumulei neste período... 

Às vezes o corpo arranja forma de nos fazer parar... 

E estou optimista, suspeito que serei sempre uma...

 

A vida é o que fazemos dela e o nosso percurso, as escolhas que vamos fazendo, vão nos aproximando ou afastando do caminho que queremos, felizmente posso dizer em consciência que me tenho aproximado da minha meta, da minha felicidade.

Não quero com isto dizer que a minha vida é perfeita, era bom, mas não... 

Acho que apenas que neste momento ganhei ferramentas para lidar melhor com as adversidades, perceber o que é fundamental para a minha felicidade e libertar-me do que é tóxico na minha vida. 


Quero que seja uma recta final deste ano fantástica. E vou trabalhar para isso. 

Na minha cabeça parece que o ano mal começou mas pronto... ainda me rio sempre que penso que já estou em Setembro. 

 

É preciso criarmos memórias, mesmo no quotidiano e rotina dos dias mais corridos. 

Amar muito, sorrir muito... Porque assim por muitos problemas que existam tudo se ultrapassa melhor.

 

Muita coisa tem mudado em mim mas muitas têm ficado constantes, os meus amigos, aqueles que longe ou perto estão sempre lá. 

O amor, o carinho e amizade que a minha alma gémea me dá e que me inspira sempre a ser melhor.

Tenho a sorte de ter a melhor pessoa do mundo ao meu lado para me inspirar. 

Infelizmente cada vez mais temos noção de como as relações se podem desgastar e desvanecer, e acho que por medo isso nos juntou ainda mais, nos fez cuidar mais, nos fez acarinhar e cuidar mais e melhor. 

Temos os nossos dias mais complicados mas tenho uma sorte fantástica sem dúvida. 

 

Fica o desabafo, a meta alcançada o ponto de situação do que é o meu percurso muito pessoal mas que pode ajudar alguém desse lado a dar os passos necessários para que daqui a um ano e meio possam estar a fazer um balanço semelhante...

 

... E se der medo... vai com medo na mesma. 

 

 

 

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.