Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

Home Sweet Home

Este blog é o nosso reflexo. Conheçam as nossas aventuras, os nossos projectos, conheçam-nos a nós.

#yôgafriday Finalmente...

Ainda na sequência da semana passada, as invertidas sobre a cabeça são sem dúvida das posições que tentamos alcançar pela beleza que têm e o desafio que são.

 

Comecei a fazer Yôga há 7 meses, e eu sabia que esta imagem só a iria colocar aqui quando conseguisse fazer esta invertida também. E ontem, ontem foi o dia. 

A invertida sobre a cabeça é o comum "pino de cabeça" mas feito sem impulso para a subida e suavemente e era a posição que representava, para mim, um desafio acrescido. Quando era pequena fazia acrobática, eu fazia pinos de toda a maneira e feitio, este não gostava... Agora 20 anos mais tarde tinha medo... Medo de não aguentar com o meu peso, torcer o pescoço, desiquilibrar-me... É engraçado como depois de ultrapassarmos os medos eles se tornam tão mais claros. 

 

Terça-feira movida de uma coragem que não sei bem de onde veio mas motivada pela minha professora e uma conversa que tínhamos tido... lá fui para o quarto treinar... tapete de Yôga no chão virada para a parede, não fosse desiquilibrar-me e de repente a conquista... até chamei o Pim para confirmar não fosse eu estar a sonhar e agora todos os dias é treinar um bocadinho e aperfeiçoar... 

 

Colocar hoje esta imagem aqui é um momento épico, trabalhei 7 meses para a atingir e consegui... E agora é trabalhar para conquistar mais posições técnicas e corporais e aperfeiçoar-me, de corpo, coração e mente. 

Desistir não faz parte do vocabulário, há dias em que a vontade não abunda, em que o stress nos contamina e nos tira a vontade de fazer o melhor para nós... Mas é persistir e insistir. 

Esta viagem no Yôga é sem dúvida uma viagem muito mais interior... Mas é um bela viagem....

O método que tenho seguido contribui em muito para que pela primeira vez, mantivesse uma rotina de exercício físico por mais do que apenas algumas semanas. Mas vai muito mais além, é o desenvolvimento pessoal, a auto confiança e o desafio pessoal de evoluir em todos os aspectos de mim mesma. Em Setembro faço um ano que há pratico e tenciono fazer durante toda a minha vida.

 

A escola onde faço e a minha professora também... A inspiração que ela nos passa é tão necessária como o conhecimento teórico que recebemos e orientação física. 

Obrigada querida Lisete. 

Recomendo para quem é da zona de Lisboa/Amadora/Odivelas este espaço, não poderiam ficar melhor servidos, Espaço Swásthya Yôga Trigache
Se quiserem espreitar a página do Facebook é aqui

 

O bom deve ser partilhado e um bom método é fundamental para alcançar os nossos objectivos. Existem vários mas para mais detalhes já escrevi aqui sobre ele.

 

Mas os benefícios estão sem dúvida presentes e os efeitos para quem pratica começam a ser sentidos rapidamente. As invertidas por exemplo melhoram o desempenho das funções cerebrais e contribuem para usar os 90% que estão latentes na maioria de nós porque  hirperoxigenam o cérebro dando uma melhor rentabilidade às células cerebrais.

 

e37db14068eeb6ad150291d74f0fb0ae.jpg

 

 

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.